Os 25 Erros Mais Bizarros da Construção Civil

Nós encontramos no mundo, hoje em dia, grandes obras da arquitetura do passado que ainda permanecem quase totalmente inalteradas após séculos de exposição aos elementos. O Segredo por traz disso é a qualidade das construções!

Em um tempo bem distante do passado as obras eram realizadas somente com a criatividade de algum arquiteto visionário e alguns cálculos, usando os equipamentos precários que eram disponíveis na época.

Então, nos perguntamos, por que a chamada modernidade não permite que a qualidade das construções encontre um senso comum de lógica para poder expressar a utilidade para a qual foram criadas em primeiro lugar?

Imaginem uma escada que vai do nada para lugar nenhum. A pergunta que não quer calar é: Por quê? Bem, a resposta é simples. Sem a necessidade de filosofar sobre o passado e sem medo de errar podemos responder que se trata de pura burrice!

É verdade! Pois, em nossa seleção de fotos poderão ver que algumas pessoas empregaram tempo, dinheiro e algum tipo de raciocínio para criar estruturas e cometer os piores e mais bizarros erros da construção civil.

Vamos construir uma ponte sobre um enorme rio. Eu começo deste lado e você e sua equipe começa do lado de lá. Vamos nos encontrar no meio, certo? Errado! Oops, eu fui mais para a direita. Temos que destruir tudo e fazer de novo. Quanta burrice!

Alguém nos perguntou se foi difícil reunir estas imagens. Não, não mesmo! Temos certeza que em uma caminhada pela vizinhança, você também poderá encontrar pérolas da engenharia em algumas construções.

Desde sacadas que não sacam de janela alguma, até situações onde fazemos primeiro e pensamos depois, como é o caso da instalação de vasos em lugares abertos, assim como postes no meio de escadas e trilhos de trem.

Tudo isso que vocês podem ver aqui é apenas uma coleção pequena das maravilhas encontradas nas construções. Se não fosse pelo lado cômico e estupido de algumas dessas obras, nós poderíamos dedicar algum tempo meditando sobre os motivos por traz das suas criações.

Uma coisa é certa em todos os monumentos. Eles chamam a atenção e representam o interior da massa cinzenta de um cérebro que um dia pensou, e resolveu conceber tal qual um pai, a existência de maravilhas como essas que vemos aqui.

Essas imagens nos ajudam entender que planejar é a capacidade de criar alguma coisa ainda com tempo suficiente para eliminar erros!

Leave a Reply