MUNDO SELVAGEM! Os Animais MAIS Estranhos Do Mundo.

Nas grandes cidades do mundo de hoje em dia, a vida é uma corrida em direção ao desconhecido e à insegurança em todos os setores. Os homens que já habitam este Planeta há muitos milênios estão atualmente enfrentando um inimigo invisível: O Medo!

Ele está em todos os lugares. Nos dias e nas noites de todos nós. A insegurança é o medo do próprio homem que se transformou em um “animal” urbano. Enquanto selvagem, nos tempos idos, o ser humano era intuitivo.

Agora, culto, supostamente educado em grandes universidades, o homem espalha o terror da conquista e do controle do poder sobre os menos afortunados. Os mais ricos, definitivamente, comandam as diretrizes dos mais humildes.

Uma imposição assim só poderia gerar o desequilíbrio sócio emocional que vivemos atualmente. O homem mata o homem e rouba do outro aquilo que não gostaria que roubassem de si mesmo!

Confuso? Bem, essa foi a ideia para descrever o que chamamos de “ser racional”. Ou melhor, o único animal racional que habita o Planeta Terra. Mas, será que toda esta “racionalidade” não seria, na realidade, o comportamento mais selvagem de um animal?

Em nossa sequência, selecionamos as imagens dos animais mais estranhos do mundo. Nós nos esquecemos do “HOMEM” em nossa lista! Contudo, apesar da aparência horrível de alguns destes bichos, os comportamentos associados não demonstram o mesmo impacto.

O catalogo de “mais feio” e “mais belo” é mais uma questão do referencial humano de estética que julga a aparência de tudo ao seu redor. Os pobres animais da nossa série são detentores de uma beleza única, apesar dos rótulos.

Aprecie seus rostos e aspectos que assustam à primeira vista, porém entenda que estes seres agem e reagem de acordo com um instinto de sobrevivência. Eles matam somente para comer ou para se defenderem. Eles caçam por simples razões lógicas e naturais.

Agora, quando tentamos estabelecer uma analogia podemos observar que as imagens têm faces meigas e delicadas. Sabemos exatamente o que acontece quando afligimos alguns destes animais.

O mesmo não podemos dizer do ser humano que de humano só mantém a nomenclatura. O que aconteceu com a humanidade é consequência direta desta falta de “humanismo” no humano. Entendem, agora porque dizemos que é uma questão de nomenclatura?

Algumas pessoas afirmam que os mestres em comportamentos não são representados por figuras humanas. Às vezes, um animal nos mostra muito mais em termos de comportamento!

Leave a Reply