As 10 Coisas MAIS Estranhas e PERIGOSAS Encontradas Em Alimentos

A crise econômica mundial afetou de modo significativo os hábitos das pessoas que estavam acostumadas a visitar restaurantes para suas refeições. Alguns considerados os mais rápidos do mundo foram o alvo de muitas críticas em termos de cuidados com a higiene. Só os mais fortes de estômago sobreviveram!

Uma rede bem conhecida de fast food levou o termo de rápido ao extremo quando decidiu substituir os temperos tradicionais por acessórios inusitados. Eles deviam estar tentando inovar nos ingredientes.

Podia até ser algum tipo de experimento para ver se caía no gosto público! Mas acho que o sabor “barata” em algum tipo de prato não faz sucesso em nenhum cardápio. Talvez até fosse uma fonte alternativa de proteínas. Era, certamente, a mais barata!

Alguns chef de cozinha devem ter seus dias de nunca ter deixado a cama pela manhã, pois enquanto preparam um prato que será ingerido por um humano, não imaginam que o uso de um utensílio de cozinha, como a faca, por exemplo, é algo indigesto!

Não usem as facas como tempero! Essa afirmação poderia ser engraçada se não tivesse sido o pesadelo na vida de algum cliente que passou pela experiência desagradável. Em nossa sequência de imagens você pode conferir o resultado disso e muito mais.

Acho que o termo “fast” para os restaurantes de comidas rápidas não é o suficiente para descrever algumas das suas atividades. Em termos de alimentação deveriam usar outro termo, por exemplo, “INDIGESTO”. Além de perigoso!

É incrível como algumas coisas encontram seus caminhos em alimentos consumidos por clientes nas redes mais conhecidas do mundo. Uma forma de revidar algum tipo de desagrado trabalhista? Talvez. Mas, nós que culpa temos?

É uma seleção de possíveis alimentos que nunca serão aprovados e aceitos pelo público em geral. Vale a pena mencionar alguns deles e acrescentar que nunca vocês deverão testar, provar, experimentar ou consumir nenhum deles.

A nossa lista é eclética, desde baratas, ratos, fezes humanas, larvas em estágios iniciais de vida até aparatos cirúrgicos e preventivos. Isso, sem falar em partes degoladas de animais e outros sapos que nunca deveríamos engolir.

Aqui vai um conselho de amigo: Se estiver com pressa, não visite o mais rápido do mundo. O mais rápido pode ser aquele que mais inova, transformando você num rato de laboratório. Ou até já apresentando o próprio rato preparado para sua avaliação e possível degustação. URGHHH!

Leave a Reply